23 de dez de 2012

16º Capitulo -"Demi, vc quer isso mesmo?" | 2ª Temporada.


"Como se você fosse cometer um erro, só temos uma vida para viver e não temos tempo para desperdiçar."


Lembrei do Nick e me afastei ainda estando no colo dele, me sentei e ele levantou seu tronco para ficar perto de mim de novo.


_ Demi...
_ Eu não posso.
_ Você gosta de mim, eu tenho certeza. Não é?


Fiquei em silencio.

_Não tenha medo de mim.
_Não tenho.
_Por que você esta assim, então?
_Por que eu também te amo.
_Demi, se vc me ama o que nos impede de ficar juntos?
_Sinceramente, não vejo nada nos impedindo agora...


Disse ja embebedada pelo seu halito fresco perto dos meus labios. Joe se inclinou por cima de mim, com sua mão em minha cintura, ele me puxou para mais perto, so então selando nossos labios. Mas como era bom beija-lo, é ate melhor do que beijar... o nick.

Parei o beijo, empurrei-o delicadamente e me levantei, esticando a mão e o puxando para se levantar.

_ Demi, o que vc esta fazendo?

_Eu poderia nos imaginar de inúmeras formas. Desde o fundo de uma boate até uma cama em um lugar escuro.Quero te levar para casa e te pegar totalmente sozinho.Venha, segure a minha mão e dance a noite toda. Me dê o sinal verde. Beije meus lábios.

O beijei ferozmente, arrancando-o a blusa e a largando pelo chão da sala mesmo. Segurei sua mão, cessei os beijos por um momento e o levei ate o quarto dele, o jogando na cama.

_Demi, vc quer isso mesmo?
_Quero, e quero com vc a noite toda, até o amanhecer, aguenta?
_Duvidando do meu potencial, garota?
_Vamos ver do que vc é capaz.

Ele me jogou do lado dele, logo tomando o controle e me dominando na cama, sem delicadeza nenhuma. Logo ele arrancou a blusa larga que eu usava, tomando meu colo em beijos, espalhados entre minha boca, meu pescoço, minha orelha, meus ombros, meu colo e meus seios, infelizmente ainda cobertos pelo sutiã. Enquanto era torturada por beijos em meu corpo, com direito a mordidas e chupões que seriam difíceis de esconder, eu passava minhas mãos pelo tronco escultural de Joe, arranhando seu tanquinho ou suas costas de vez em quando. Impaciente, eu mesma ergui meu tronco, levando as mãos de Joe até minhas costas, em direção ao fecho do sutiã, ele o abriu e o jogou pelo chão, logo ele abocanhou um de meus seios enquanto massageava o outro, dando chupões  beijos, e algumas mordidas, intercalando as caricias entre um e outro, me fazendo ir ao céu e voltar umas mil vezes em um segundo. Quando ele direcionou os beijos pelo meu ventre, o mesmo segurou minhas mãos e as colocou no ziper da calça dele, pude sentir o quanto ele já estava exitado, ele com a mão por cima da minha o apertou e depois tirou a mão dele, continuei apertando um pouco seu membro, porem logo tratei de abrir o ziper e tirar-lo a calca, ficando assim ele apenas de cueca box, ele tratou de tirar a calca com os pés, logo então voltei a massagear seu membro enquanto seus beijos estavam em meus seios. Apertei um pouco mais forte, o que impediu Joe de continuar as caricias, logo soltando um gemido alto.

_Demi..._gemeu.

_Deixa eu te fazer um carinho_ bati do meu lado na cama, ele deitou  e eu me inclinei por cima dele, distribuindo beijos por seu corpo todo, pela boca, pelo queixo,






22 de dez de 2012

Capítulo 8 - Maldita. | Capítulo 9 - She is Back | 10º Capitulo - Apaixonado? _Fim da 1ª Temp_

- Que tal se fingirmos q nada aconteceu e começarmos tudo de novo?

- Eu topo.

- Vamos ser amigos?

- Amigos.

Apertei a mãe dele. Sem saber no que aquilo ia dar.





Do nada, apareceu uma mulher na sala. 

- Oh, me desculpe, não quero interromper nada. - disse a tal mulher.

- Que isso, Ashley. Pode entrar. Demi, essa aqui é a Ashley Greene, minha namorada.


Como assim, namorada?
Você me agarrou e tem uma namorada? 
~Como eu queria ter dito aquilo~

- Prazer em conhecer você Ashley!

- Prazer em conhecer você tambem Demi!

- Demi, é melhor voce ir, senão vai se atrasar pra próxima aula.. - o Joe disse.

- Ok, tchau gente.

- Tchau - eles disseram. 

Mas não acabou por ai não. Quando estava fechando a porta, escutei:
 
- Quem é essa garota, Joseph?! E o que ela estava fazendo aqui?!

- Shii, ela pode estar escutando!

- Dane-se. É bom que ela escute mesmo. E você não respondeu a minha pergunta!

Nesse momento, eu já tinha fechado a porta e estava escutando atrás dela. Eu e a My, que mesmo não sabendo de nada, é minha parceira de crime kk

- Ela é só uma aluna. E eu a chamei porque ela não entregou um trabalho na aula passada. 

- E ela entregou hoje?

- Aham.

- Então me mostra.

- Me mostra oq?

- O trabalho que ela entregou ué. 

- Olha Ash, eu não tenho tempo para ciúmes ok. Tchau. 

Nisso, notei que ele ia sair da sala e puxei a My pelo braço e corri pelo corredor. Quando chegamos nos nossos armários:

- Tá maluca nega branca? Você quase quebrou o meu braço. E pq vc estava ouvindo por detrás da porta?

- É que aquela mulher que entrou é namorada do Joe, e ela não gostou nada de me ver na sala sozinha com ele... 

- Ata, por isso ela deu aquele chilique.

- Aham. Eu não gostei nada dela.

- Ela não é aquela atriz famosa? Ouvi dizer que ela vai ajudar o Joe nas aulas pro enquanto.

- Ai não, mais essa agora?

- Pois é amiga...

- Miley, a gente tá atrasada pra próxima aula, CORRE!!

Na aula de matemática a Tay apresentou pra gente a Miley Cyrus. Já tinha visto ela em premiações, mas nunca a conheci pessoalmente. Ela também vai pra casa da Tay mais tarde.
 Na quarta aula,  fui surpreendida.

- Demetria, tem uma pessoa querendo falar com vc. -  a professora disse, e me fez um sinal pra eu ir pra fora da sala me encontrar com a tal pessoa. 

                       Quando saí da sala, quem era? Quem era? A Ashley claro.

 - Olá Demetria, o Joe me disse que você tem um trabalho pendente pra entregar, e foi esse o motivo pelo qual você estava com ele hoje quando fomos apresentadas.

- E? 

- Ele me disse que voce ja tinha entregado esse trabalho, só que ele não quis me amostrar. O que só comprovou as minhas suspeitas.

- Do que voce esta falando? 

- Não quero voce com o meu Joe, esta escutando? Fique longe dele!

- Voce acha mesmo que eu vou te obedecer, sua maldita dos infernos? Desde o inicio eu nao fui com a sua cara, falo mesmo. Ele é só meu amigo ok? E pode virar muito mais do que isso, sabe por que? Por que? Porque ele me agarrou! Sim, ele me agarrou lá no corredor do predio em que a gente mora. Eu nao gostei na hora, mas estou começando a achar ótima essa ideia de agarrar aquele lindo no escurinho do corredor sabe? 

- Sua safada, agora voce vai ver! - ela já estava levantando a mão pra me dar um tapa e voar em cima de mim, quando..

- PAREM COM ISSO MENINAS! - era o Joe.

- Meninas? De pirralha só tem ela aqui, não é mesmo? - a maldita disse.

- Não importa, nós estamos em uma escola! Demi, já pra minha sala, precisamos conversar. Ashley, me espera na porta do colégio. E nós também vamos ter uma conversinha ok?

- Como assim, vocês dois sozinhos de novo? Esse assunto tambem é da minha conta e...

- ASHLEY!

A Ashley foi rebolando pra porta do colegio, era uma maldita mesmo. Sabia ser nojenta! 
 Quando chegamos na sala do Joe, ele logo começou. 

- Demi, o que você fez?

- Como assim o que eu fiz? Acho que voce tem mais culpa aqui né ?

- Como você teve coragem de dizer aquelas coisas pra Ashley? Ela nunca devia ter descoberto sobre eu te agarrar no corredor! NUNCA!

- Ah, voce queria que eu fizesse oq ein? Desde o inicio eu não gostei dela! Voce acha que quando ela veio me ordenar a ficar longe de voce eu deiva ter abaixado a cabeça e seguido as ordens dela?! Claro que não. Poxa, eu to abalada com o negocio do Nick. E voce me disse que ia substituir ele por enquanto. Eu não ia me levar por aquela ciumenta, não msm!

- Mas agora a Ash tá super brava comigo, e por sua culpa!

- Tá bom, eu posso ter exagerado. Mas nada muda o fato de que ela está super errada.
- Ok, agora volta pra sua aula que eu tenho mais coisas pra resolver!

Não voltei pra aula. Fui caminhar pelo jardim, sentir o cheiro das flores, o vento fresco no meu rosto... Mas quando estava chegando ao jardim, vi o Joe caminhando em direção ao portão da escola. Não resisti, tive que espionar.

- Até que enfim o senhor Joseph chegou! 

- Olha Ash, o que a Demi falou, eu posso explicar e... 

- Explicar? Ela já me explicou tudo! Como você teve coragem de me trair com aquela pirralha?
- Eu nunca te traí! Você chama ela de pirralha e ainda acredita nela? 

- Ai Joe, para! Chega! Vamos dar um tempo!
- Tempo? Pq?

- Porque eu preciso pensar! Não dá pra continuar desse jeito...

Ela saiu rebolando pela rua e pegou o primeiro táxi que viu pela frente. 
Tocou o sinal. Fim das aulas. Fui correndo em direção aos meus armários e dei de cara com a miley a Tay e a Miley.

- Demi, por que voce demorou tanto? Nem foi pra ultima aula! O que aconteceu? - A My tava super nervosa.

- Gente, primeiro vamos pra casa. Dps eu conto tudo pra voces, ok? 

- Ok - as três disseram juntas

    Fomos direto pro apartamento da Tay. Era no mesmo prédio que o meu. Chegando lá fizemos miojo e comemos. A My logo disse:
 - Pronto Demi. Agora conta pra gente o que aconteceu!
Contei tudo. Da parte do Nick até o término do Joe e da Ashley. Não dava pra esconder da Tay e da Miley. Até pq eu vi que elas estavam preocupadas comigo. Alé do mais que elas eram umas fofas. A Miley logo disse: 
- Nossa, que rolo! E o que você vai fazer em relação ao Joe?
- Eu vou lá no apartamento dele agora. Preciso pedir desculpas. E infelizmente, falar com a maldita. Não vou deixar o Joe sofrendo por isso. Vou ter que desmentir tudo o que eu disse pra ela. Vai ser dificil, mas tudo foi culpa minha, então eu tenho que assumir meus erros.
- Tem certeza? - My perguntou.
- Tenho sim. Vocês fiquem ai. Acho que isso é um assunto meu e dele, né?

- Aham - as três disseram em coro. Que fofas!!
Peguei o elevador, já que a Tay morava um andar abaixo do meu e do Joe. Toquei a campainha e logo escutei a voz do Joe dizendo: Entraa!
 Achei estranho ele deixar qualquer um entrar assim. Tudo bem que não era qualquer um que entrava no nosso prédio, já que era só de gente famosa, mas mesmo assim...
 Quando entrei, escutei o som do chuveiro ligado. Então sentei no sofá e esperei. 
Logo o Joe saiu do banheiro:
- Ué, você? 
- Você mandou entrar e eu entrei!
- Mas é que .. 
- Calma Joe. Eu só vim aqui pedir desculpas. Agi como uma idiota. Nunca devia ter enfrentado a sua namorada daquele jeito. Nunca devia ter dito aquelas coisas. 
- Olha Demi, eu realmente fiquei chateado, mas te desculpo. E pode acreditar, estou sendo sincero. Mas desculpas não vai fazer a Ash voltar.
- Eu vou falar com ela. Vou me desculpar tambem e desmentir tudo o que eu disse.

- É tão fofo da sua parte.. -  ele disse. Estavamos frente a frente. Ele só de toalha e todo  molhado. Ele passou a mãe nos meus cabelos e já ia me beijar, quando..  


 A porta se abriu e ela chegou. 



- Muito bonito né Joe? Vc me convida pra jantar, pra nós conversarmos com calma e quando eu chego aqui vc esta se agarrando com essa pirralha de novo?! - A Ashley começou a gritar.

- A gnt nao tava se agarrando! Eu so fui... - o Joe tava tentando se explicar, tadinho.

- Foi oq? Eu entendi o recado! Vc me convidou pra vir aqui e me fez ver essa ceninha pra terminar com tudo de vez! Pra não precisar me dar um fora e desperdiçar seu precioso tempo ne? É mais fácil eu ver e dar as costas. Mas não é isso que eu vou fazer! Isso não vai ficar por aqui ein!

E foi aí que eu entendi a besteira que eu tinha feito. Quando o Joe mandou eu entrar, ele estava esperando que fosse ela. E não me avisou porque obviamente não queria que eu atrapalhasse essa última chance dele. Que burra eu fui, de sair entrando e não deixar ele falar!Mas o Joe também, saiu me agarrando...Eu tinha que falar alguma coisa..

- Então era ela que vc estava esperando? Foi por isso que quando eu toquei a campainha voce disse "Entraa!"? Voce pensou que era ela ne? 

- Tadinha dela.. Tão ingênua! tá se fazendo de vítima né? Eu sou a vítima aqui ok? Para de se fazer de santa garota! Porque disso vc nao tem nada! - a maldita começou a mugir ¬¬

- Ô garotaa, escuta aqui...

- CALA A BOCA - o Joe gritou. - Ashley, vamos conversar com calma!

- Não! EU NÃO QUERO MAIS VER VOCÊ. 

Ela se virou em direção à porta e saiu rebolando. Mas antes disse:

- Mas isso não vai ficar assim!

Ela saiu.

- Ai, Joe, me desculpe.. Eu não queria..

- Sai.

- Oq?

- SAI DA MINHA CASA AGORA!

Saí de lá com lágrimas nos olhos. Ninguém nunca gritou assim comigo antes. Ao me deparar com o corredor, me veio as lembranças... Quase pude ver o momento no qual estávamos nos beijando. Me deitei no sofá. Naquele sofá que até outro dia, nós conversávamos felizes. 

Estava quase caindo no sono, quando a Miley chegou em casa. Não estava em clima de conversar, então dormi no sofá mesmo. Ela viu que eu estava chorando, mas não veio falar cmg

---

 2 dias depois...

- Bom dia, bela adormecida! Já é segunda. Temos aula.

- Droga! Mais cinco minutinhos?

- Não, Demetria, acorda!

- Tá mamãe.

- Olha, tô indo pra escola já. Vou ajudar o Jus com um dever de ciências. Bj Bj

- Bj Bj ²

Era 7:30. Normalmente eu iria com o Nick, mas ele não está aqui. Não me ligou, nem mandou mensagem... Deve ter me esquecido...

Me arrumei correndo, tomei café, peguei minha mochila e fui pra escola.

Chegando lá vi um tumulto no corredor. Quando cheguei mais perto, vi a Miley chorando, abraçada com o Jus e a Selena gritando com um cara estranho tatuado. Do nada, ele foi pra cima do Jus, derrubando a Miley. E eu fui apartar a briga.

- Heey! Oq tá acontecendo aqui? Dá pra parar?

- É esse idiota que veio pra cima da gente. Ele chamou a Miley  de nerd e o Justin de gay.

- Epa! Como é que voce fala assim do seu irmão? - o estranho disse.

- Irmão? - como assim?

- É, infelizmente. - disse a Selena.

- Ô garota, olha como voce fala comigo ein!  - nisso eu só vi ele indo pra cima da Sel. Tinha que ajudar minha amiga, novamente, entrei no meio. 

- Ei, o que está acontecendo aqui?! - disse uma voz familiar. Quando me viro, quem é? Ela, claro.

- Ashley ~o que ela estava fazendo ali~?

- Sou a nova inspetora. - disse ela, com seu sorrisinho cínico.




- Hã? Como assim?

- Eu estou trabalhando aqui, burrinha.

- Burrinha é sua...

- Termina sua frase e vai ser expulsa num piscar de olhos.

Ash já tinha mandado todos para a sala. Estava só ela e a Demi no corredor.

- Vamos logo Demetria. Vou avisar seu professor.

- Avisa. Porque eu tenho que ir logo para a aula.

 Ela segurou no meu braço mais eu me soltei.

- Eu sei andar tá, não preciso da sua ajuda. - disse.

Nós fomos em direção a minha sala, estava tudo bem...
Até eu lembrar qual professor estaria lá.

- Com licença, Professor Jonas?

- Ashley?

- Sim, sou a nova inspetora. Mas esse não é o assunto. Eu trouxe a Demetria pra cá, pois ela estava arrumando confusão no corredor. Agora é seu dever cuidar dela. - A vaca me empurrou.

- Cuidado, sua bruta. 

- O que você aprontou, Demetria? - perguntou Joe.

- Eu não fiz nada.

- Então porque ela te trouxe aqui?

- Ah, Joseph você sabe muito bem. Quer que eu explique? - eu disse.

- Quieta. Você já atrapalhou de mais a minha aula!

- Mas..

- Sente-se. - disse grosso e seco.

Sentei-me em uma das ultimas cadeiras. Ao lado da cadeira vazia de Nick. Não, Demi. Você não vai ter uma crise de choro.

- Demetria, você esta prestando atenção na aula?

- Hm' não.

- Então, volte a prestar atenção na aula.

 Ta, a aula inteira foi assim. O Joseph ficou implicando comigo o tempo todo. Finalmente a aula acabou. Antes de eu sair ele segurou meu braço.

- Temos que conversar.

- Então fala. - retruquei.

- Eu li a resenha de musica que você me entregou. - ele abriu a gaveta e tirou a folha de papel com a musica que eu escrevi. E me entregou.

- Espera, tirei um zero? Como assim?

" Beautiful boy with them big brown eyes, tell me. Who's that, who's that ", como assim? Isso não faz o minimo sentido. E ainda se diz compositora. Nem cantar sabe, e ainda tenta escrever. Amadora.

 Ele saiu da sala, como ele pode ser tão grosso? Depois das aulas acabarem eu fui para casa. Mas algo estava me incomodando. Assim que Joseph entrou na casa dele eu fui atrás.

- Você pode me explicar porque você me tratou daquele jeito? O que eu fiz Joe?

- ARRUINOU MINHA VIDA! QUE TAL, ISSO É MOTIVO O SUFICIENTE PARA EU FICAR IRRITADO? POR SUA CULPA EU PERDI MINHA NAMORADA.

- Minha? Culpa é minha que ela é uma vadia que só escuta o próprio ego?

- Não chama ela assim.

- Chamo sim.

-  CALA A BOCA DEMETRIA.

- Não aguenta a verdade? Pois eu aguento então me fala. ME FALA. O QUE EU FIZ?

- TUDO. VOCÊ É SÓ MAIS UMA QUE SE APAIXONOU PELO NICHOLAS. O IRMÃOZINHO PERFEITO. ELE TEM TUDO. ELE TEM VOCÊ.

- Como assim? - ele me deixou confusa.

-  ELE TA APAIXONADO POR VOCÊ, DEMETRIA.

- Como você sabe?

- AVÁ, NÃO É QUALQUER UMA QUE O NICK DEIXA ENTRAR NA CASA DELE OU QUE ASSISTE FILME JUNTINHOS. - Ele respirou fundo e disse. - ELE ESTA APAIXONADO POR VOCÊ E... e...

- E O QUE JOSEPH? - ele já estava me deixando nervosa.

- E você também esta apaixonada por ele não é? - ele me perguntou isso, mais jurava que não era isso que ele queria falar.
F
- eu... - fiquei sem palavras.

- Argh, sai daqui. Preciso descansar. - ele foi me empurrando.

- Mas Joe....

Ele fechou a porta e eu não entendi nada. Nada mesmo.

Joe on

Assim que ela saiu eu fui em direção ao meu quarto. Como isso sempre acontece comigo? Assim que eu passei pela sala vi algo brilhante no chão. Era o celular dela. O celular da Demi. Devo devolver agora? Hm' agora não.
Só uma coisinha antes...

Joe off

Joseph pegou o celular dela e foi para o quarto.





Por favor, comentem. Quero saber quem esta lendo.
Beijinhos a todos vocês *~*

(+ 4 coments pleasee)

19 de dez de 2012

Capítulo 5 - Irmão. | Capitulo 6 - "vou sentir saudades." | Capítulo 7 - E o jeito é seguir em frente





Terminei de compor ela quando a My acordou. A gente começou a se arrumar pra escola,  mas como eu estava bem adiantada e já tinha tomado café enquanto escrevia a minha música, entrei um pouquinho na internet. Sou famosa mas gosto né KK Mesmo que eu me atrasasse pra escola, não tinha problema, ela era só umas ruas depois do hotel. Entrei no meu e-mail pra ver se tinha alguma novidade do meu empresário e quando vi a página de notícias do site, eu não queria mesmo que aquilo que eu tinha acabado de ler fosse verdade...

- Ai meu Deus, "Justin Bieber e Miley Cyrus aos "amassos" na praia?"

- O QUE? - a Miley voou em cima do computador.

- Ai, calma nega branca!

-Isso não pode ta acontecendo, nos mal nos conhecemos e esses paparazzis já estão em cima? eles não tem mais nada para fazer não ? Ahhh... Vai trabalhar.

A Miley andava de um lado para o outro, com as mãos na cintura e xingando os paparazzis de todos os nomes possíveis e imagináveis.

- Miley, você pode se acalmar?

- TO CALMA!

- Não você não esta, e além do mais. Você sabia que mais cedo ou mais tarde isso ia acontecer. ENTÃO  CALMA  NEGA BRANCA!

- Tudo bem.

- Você gosta  dele?

- Acho que sim.

- Então ignore isso e siga em frente com ele.

- Valeu amiga! – ela me abraçou.

- Que nada My – separei o nosso abraço. – Aproveita e vai pra escola com ele.

- Vou pedir a ele. – se levantou e pegou o celular.

- Não precisa ele esta na sala.

- A quanto tempo.

- Entrou agora.

- Ata.

- Oi My. – disse Justin, um pouco envergonhado se pude perceber.

-Oi Jus. Hm’ Tudo bem? ... Eu posso... se sabe ir para escola com você?

-Claro que pode. – eu disse interrompendo os dois - eu vou com o nick ok , Beijinhoooos.

Sai correndo, antes que a Miley me matasse, e fui para o apartamento  da  frente, o apartamento do Nicholas.

- Ainda to me arrumando. – escutei a sua voz la de dentro. - Pode entrar Demi. Fica na sala.

Me sentei no sofá.

- Como você sabia que era eu? – disse.

- é a única menina que conhece minha casa.

- e se fosse um menino na porta...

- ta de zoa né? Se fosse algum amigo meu ou meu irmão já tinha arrombado a porta!

- Hm’ então me sinto honrada em ser a primeira menina a conhecer sua casa.

- Segunda...

-Segunda?

- Primeira é minha mãe!

- Ata, então me sinto honrada em ser a primeira menina a conhecer sua casa, sem ser sua mãe.

- haha, Demetria é piadista agora?

- Um pouquinho ~risos~

- Que horas são? Estamos atrasados?

- Falta 1 hora ainda para a aula começar.

- Que merda! – escutei quase em um sussurro. Fui até o quarto dele.

- O que é uma merda? – entrei e vi nick mexendo em uma estante cheia de livros. E sem blusa, não sei qual é o preconceito dele contra blusas. ô garoto, o que aconteceu? E por que você nunca usa a sua blusa?

- Primeiro, meu livro de ciências sumiu e segundo, eu coloco a blusa só na hora de sair, para não amarrotar e essas coisas.

- Vaidoso.

- Chata.

- Metido

- Linda.

- Lindo, vamos logo Nicholas. Vamos nos atrasar – empurrei ele para o closet, que corpo einh amigão. – Coloca logo essa blusa.

- Sei que você gosta de mim sem a blusa, vem cá Demi. – ele veio atrás de mim para me abraçar.

- Sai Nicholas.

- Vem cá.

- Sai... – sai correndo e escorreguei no tapete do quarto

-  Ai caramba Demi, você ta bem? – ele se ajoelhou ao meu lado.

- Já sei, eu sou muito desastrada... agora coloca a blusa que eu vou pegar um remédio para dor de cabeça. Onde fica?

- Ta no meu quarto , vem cá.  – ele me ajudou a levantar, tomei remédio e o Nicholas – finalmente- colocou a blusa. – Ta bem para ir para a escola?

- To, mas to com fome.

- Tomou café?

- Não e você?

- Também não. Vamos tomar na escola. – estávamos na frete do elevador.

- Cade a Miley?

- Ela saiu com o Justin.

- Ela ta ficando com ele?

- Fofoqueiro.

- Linda.

- Que isso, assim eu vou ficar me sentindo.

Entramos no elevador.

- A sua amiga já esta com alguém, e você?

- Solteira.  – rostinho triste.

- Que bom.

- Por que?

- Que eu posso ficar te irritando sem ter que me entender com um namorado ciumento depois.

- Vai ser bem difícil eu arranjar namorado. Eu sou uma nerd. Ninguém gosta de Nerds.

- Fica comigo então, eu sou popular, se ficar perto de mim você também vira.

- Por mim, tudo bem. Mas e ai, eu não vou “queimar seu filme” ou algo do tipo? Um popular ser amigo de uma nerd?

- Para de se lamentar, Demi.

- Mas...

Chegamos ao térreo, no estacionamento.

- Quer ir de moto comigo?

- Pode ser. Vai me dar carona de volta?

- Claro né.

- Então vamos nickito.

- Quer pilotar?

- Deixo pra próxima vez ok.

- Claro vem.

Subimos na moto e chegamos à escola em um estalar de dedos.  Estacionamos e logo chegou  um moreno, alto de óculos escuros, e jaqueta de couro.  Ele era lindo. E parecia ser mais velho, não parecia ser aluno.

- Agora ferrou. – disse nick olhando pra ele e me abraçou pela cintura.

- Quem é ele?

- Estou de volta, irmão. - disse o homem misterioso.

Capitulo 6

- Quem é ele? - Perguntei ao nick.

- Sou irmão do Nicholas, prazer sou Joseph. - ele beijou minha mão.

- Demi, pode ir se adiantando se quiser, vê se a Miley já chegou.- disse nick.

- Sim, vou lá - beijei a bochecha do Nick -, tchau Nick e tchau Joseph.

Aquilo está muito estranho, eles estavam conversando um pouco mais longe de mim. O Joseph me é familiar, só não lembro aonde eu o vi. Agora a conversa ficou mais seria, não sei o que o Joseph falou ao irmão, mas o Nick ficou muito irritado. E pra piorar o Joseph deu as costas a ele e esta andando minha direção.

- Oi, Demi né?

- Sim, meu nome é Demetria, mas me chame de Demi. Vai estudar aqui, Joseph?

- Só me chame de Joe, tudo bem?

- Sim, Joe. Agora responda minha pergunta.

- Vou dar aula de musica, eu já terminei o ensino médio. 

- Legal, então você vai ser meu professor.

- Vou sim, é tipo um passatempo por causa da musica. Você poderia me levar até a diretoria?

- Sim, vamos.

  Ele andou no meu lado ate a diretoria, eu não tinha aula de musica nesse dia, então não vi mais o Joe. Cheguei em casa, troquei de roupa, coloquei um short curto e uma blusinha soltinha e fui ao apartamento do Nick. Para assistimos algum filme.

- Nick que filme você quer assistir? - disse olhando os filmes na minha mão e gritando para ele. 

Estava indo em direção a sala e me joguei no sofá, cai em cima de alguém que estava sentado, imaginei que fosse o nick, mas quando abri meus olhos eram o Joseph. Levantei correndo e comecei a gritar.  E ele rindo enquanto trocava de canal. Até que eu fiquei sem folego e parei de gritar.

- Já acabou? - perguntou Joe.

- Cade o Nick.

- No quarto.

- Então se me da licença.  - fui até o quarto do Nick.

Cheguei lá no quarto e o Nick tava saindo do banheiro com uma toalha na cintura, quando me viu voltou correndo.

- Nicholas, porque seu irmão ta aqui?

- Porque infelizmente eu tenho que morar com meu irmão mais velho.

- Não gostei disso. Vem cá, você vai ficar ai dentro para sempre?

- Pô, o que você quer que faça?

- Se arrume.

- Aham, tem um armario dentro do meu banheiro!

- Já entendi, vou sair do quarto e te dou 10 minutos para se arrumar.

- Ta.

Sai do quarto e em 5 minutos o nick abriu a porta, entramos e nos sentamos na cama.

- Que filme quer assistir? - perguntei.

- Que tal esse? Sherlock Holmes?

- Coloca ai.

 Lá estava eu assistindo filme com ele. Uns 30 minutos depois o Nick recebeu uma ligação e disse que ia sair mas já voltava. Fiquei sozinha com o Joe na casa. Falando nele, acabou de entrar no quarto.

- Vocês estão assistindo o que?

- Sherlock Holmes. Quer assistir?

- Mas cade o Nick?

- Saiu.

- Ele não vai implicar de assistirmos filme juntos?

- Como assim? - me aproximei dele. Confusa, claro.

- Você e o Nick não estão...

- Oh não, Não tem nada entre nos... somos só amigos. Grandes amigos e só.

- Que bom assim me sinto mais confortável

- Vem deita aqui. - o que deu em mim para chamar um desconhecido mais velho para deitar na cama comigo? Estou louca, só pode.

- Beleza. - ele deitou ao meu lado.

 O filme terminou e o nick ainda não tinha voltado. Arrumei a cama dele, já que eu baguncei, catei os Dvd's e fui para a minha casa e novamente a Miley não estava, saiu com o Justin de novo. Esses dois só falta casar. 

Meu celular tocou.

- Alô?

- Demi? Sou eu o Nick.

-Ah, oi Nick.

- Eu não vou voltar para casa, vou ter que viajar para Europa, vai ter uma turnê lá daqui a 5 dias e anteciparam a viajem. Meu empresario vai pegar minhas coisas ai no apartamento. Me desculpa não te avisar antes ok.

- Tudo bem Nick, eu entendo é nosso trabalho.

- Obrigado Demi, Beijos princesa tenho que desligar. Volto em 1 semanas.

- Beijinhos, Tchau e bom show.

Ele desligou.

Olhei para a porta, Joe estava lá e ele disse:

- Ele vai viajar né?

- Aham, vou senti saudades. 

- Vem cá. - ele abriu os braços e eu o abracei.

- Eu vou alí todos os dias. Como eu vou ficar agora? A Miley esqueceu de mim. Ela tá com o Justin e eu passava o tempo aqui com o Nick. Agora o que eu vou fazer?

- Pode continuar vindo. Só que seria eu ao invés dele.

- Obrigada, Joe. 

Levantei meus olhos, nos estávamos a milímetros um do outro. Olhei em seus olhos eu reconhecia seus olhos. São os do meus sonhos. O que ele teria de tão especial?
 Ele segurou minha nuca, passou a outra mão pela minha cintura me puxando para mais perto dele. 

- Joe. - eu disse num sussurro.

- Shii.

Apenas fechei meus olhos.


Capitulo 7 

Não me lembro direito como aconteceu. Só sei que quando me toquei, já estava beijando ele. Ele me abraçava tão forte que meu braço já estava doendo. Foi aí que percebi que estava fazendo aquilo por impulso. Era tudo saudades do Nick, eu gostava dele. Me imaginava nos braços dele enquanto beijava o Joe. Só não queria estragar a amizade. Então eu ...

- Não Joe é serio, eu não quero.

- Mas tá tão bom... - ele disse, me apertando mais ainda no corpo dele. 

- Eu vou gritar!

- Tá tá calma estressadinha KK Eu tava só brincando

- Tava é me deixando nervosa isso sim. 

- Olha, voce tá abalada com esse negocio do Nick viajar, vem cá.

Ele colocou a mão na minha cintura e me levou pra sala do meu apartamento. Pegou um copo de agua e começou a puxar assunto.

- Você tá gostando do Nick ne?

- (...)
- Pode falar, eu não vou falar pra ele nao. 

- To ne, parece que tá escrito na minha cara.

- Olha, eu nao queria falar nada, mas ele tambem ta gostando de voce...

- Pausa. Primeiro: pq voce nao queria falar nada?; e segundo: como voce sabe disso?
- Eu nao queria falar nada pra nao forçar a barra, ja que voce disse na hora do filme que nao estavam namorando e tals. e tmb pq eu gostei de voce... e eu sei disso porque sou irmao dele e alem do mais que o meu irmao é mt timido, ele nunca ia deixar uma amiga ver filme com ele ou entrar no banheiro e ver ele de toalha, se realmente nao gostasse dela.

- Como voce sabe disso? ²

- Eu sei porque quando ele tinha 14 anos, ele gostava mt de uma menina. E fazia exatamente as coisas que ele faz com voce. Ver filme, passar a tarde inteira conversando... Só que nessa epoca a nossa banda, os Jonas Brothers, estavam estourando. Ai eles se afastaram e dps o Nick descobriu q a garota só tava com ele por causa da fama. Dps disso ele nunca mais se envolveu com ngm. Deve ser por isso q ele gostou tanto de voce, já q vc é famosa e entende a vida dele, sabe?

- Sei. Cara, esse negocio de vc gostar de mim... Eu nao quero me envolver e vc ta vendo o porque. 

- Ok. Eu so queria deixar claro essas paradas entre vc e o nick, vc tava precisando de uma luz..

- Aham, eu tava msm. 

- Vou nessa. tchau

- Tchau, e obrigada por tudo. 

Não fui com ele ate a porta. Não estava a fim de presenciar outra cena de beijos com ele no corredor. Fiquei lá no sofá sem fazer nada e dps de uns minutos a Miley chegou em casa. Devia ser umas 22:30. Contei pra ela tudo q tinha acontecido. Ela ficou chocada, é claro. 

- Omg, é mt coisa pra minha cabeça! E o que voce vai fazer agora?

- Bem, só me resta esperar o Nick voltar daqui a uma semana. Enquanto isso vou me contentar com as ligações dele. 

- Ele foi fazer oq nessa viagem?

- Ele disse q era uma turne de shows na Europa. 

- Ata, é mesmo, vi na internet que ele vai tocar guitarra nos shows da Katy Perry. Parece que o guitarrista dela passou mal. 

- Nem sabia disso. Ele me ligou e foi tão rápido. Deve estar mt bem sem mim. 

- Que nada amiga. Vc sabe como são esses compromissos de ultima hora. Tudo corrido. Ele  lembrou de ligar pra voce... Tá, quanto ao Nick eu ja sei tudo. E quanto ao joe, o que voce vai fazer?

- N sei. Talvez eu me distancie dele, ja que ele nao foi legal me agarrando no corredor contra a minha vontade. Mas sei lá, parece que ele substituiu o nick de alguma forma, sabe? Foi ele que me escutou hoje, foi ele que enxugou as minhas lagrimas, foi ele que tomou uma atitude e me beijou...

- Ué, achei que voce nao tivesse gostado dele ter te agarrado!

- Aah, eu gostei um pouquinho só vamos combinar ne. KKK

E foi assim que eu passei a noite daquela quinta-feira. Conversando com a minha melhor amiga. Há mt tempo eu nao conversava com ela assim, daquele jeito. Fizemos pipoca e conversamos sobre ela e o Jus. 

- E voce e o Jus?

- Acho que ele vai me pedir em namoro !

- Wow! E pq vc acha isso?

-Bem, hj a gente passou a tarde inteira juntos numa sorveteria aqui perto. Conversamos, rimos, eu ate liguei pra voce mas ngm atendia... Aonde vc tava?!

- Vendo filme com o Nick na casa dele - disse, quase chorando.

- Ai meu deus, como eu sou burra, é claro q vc tava na casa dele ne, eu sou mt idiota, vc me disse isso há uns minutos atras, não chora, foco na conversa, o assunto aqui é eu e o Jus.!!

- Ta Ta, continua, eu to curiosa! 

- Ah, é assim que eu gosto!! Então a gnt tomou sorvete, mas nao nos beijamos, agimos como  bons amigos.Vamos deixar os paparazzis doidos. kkk E hj quando eu tava vindo pra casa, passei no apartamento da Taylor (Swift). Vi ela no corredor, ela me convidou pra entrar e eu entrei, voce sabe como eu sou ne! Mas nao fica chateada, amanha eu te levo pra la.

- Não to chateada nao. KKK

- Entãaao, eu vi pela janela o Jus indo naquela joalheria chique da esquina, a Gold's. (ignorem esse nome fail, fiz de ultima hora k) Acho que ele foi comprar um anel!!

 ~AAAAAAAAAAAAAAHHHH~ -nós gritamos feito loucas.- Mas amiga, nao cria falsas esperanças, ele pode ter ido lá pra comprar alguma jóia pra mãe dele sei lá .-. Se ele não te der um anel, nao fica chateada tá? Já basta eu nessa casa de chororo!

- Ok Ok, o jeito é esperar até amanhã... 

Fomos dormir. Eu demorei um pouco, mas consegui. Acordei 6:00 da manha com o Nick me ligando. 

- Alô ~voz de sono~

- Ai, desculpa demi, achei que voce tava acordada. 

Me liguei q era o Nick e pulei da cama.

- NIIIIIIIIIIIICK *-*

- Demi, voce ta bem?

- To sim, é que eu tava dormindo, mas agora acordei de vez. E voce, como esta?

- Bem, hoje é o meu primeiro show.

- É, voce já viu a Katy Perry?

- Então, era sobre isso que eu ia falar. Vou tocar guitarra no show dela e.. Ué, eu ja te contei?

- Nao, a Miley é q me disse, ela viu na internet.

- Nossa Demi desculpa nao ter te contado!

- Não foi nada - tava mei chateada, mas nao queria brigar com ele.

- Te liguei pra saber como voce tava e pra te dizer que devo demorar mais um pouquinho...

- OQ? Mais um pouquinho, quanto?

- É que o meu empresario tá forçando a barra pra eu fazer um filme, que vai acontecer aqui na Europa mesmo. Parece que o cara que ia fazer passou mal tambem e.. 

- Mas Nick, voce quer fazer esse filme?

- É que com esse filme, vou ver um pouco mais os meus pais. Eles estao em uma casa aqui na Inglaterra e ...

- Ok eu entendo. Vê ai, se vc fizer mesmo o filme, espero mais um pouco. 

- Demi, nao fica triste, é q esse filme vai ser bom p minha carreira..

- Eu entendo Nick! Agora vou ter que desligar, preciso me arrumar pra escola. bjs

- Bjs.

Desliguei rápido e comecei a chorar. Parece que tudo conspirava pra eu ficar mal! Será que o Nick era o unico que poderia substituir todo mundo? Nisso, a Miley apareceu na sala.
- Demi? O q ta acontecendo? - ela disse, me segurando.

- É o Nick, Miley. Ele vai fazer um filme! Só deve voltar daqui a uns meses!

- Nossa, q filme ele vai fazer?

- Ele esta quase aceitando fazer o filme, ainda nao ta confirmado, e ele nao me disse que qual era.

- Ah, mas se nao tá confirmado, ele pode.. 

- Não, ele vai confirmar, ele me disse!

- Mas Demi, esses negocios de filme demoram. Só daqui a uns meses as gravações devem começar, primeiro tem que selecionar os personagens, o roteiro... 

- Mas dessa vez é diferente. Ele vai substituir um ator que cancelou. As gravações devem começar semana que vem!

- Amiga, nao fica assim! Vamos tomar um cafe, ir pra escola, se distrair.. tá?

- Ta

Tomamos café, e fomos pra escola. Chegando lá, o Jus foi falar com a Miley.

- Oi Demi, Oi amor. Miley, vamos caminhar na praia hoje? Preciso conversar com voce e...

- Jus, hj nao dá. Vou passar a tarde com a Demi, ela nao ta mt bem...
- Ok então amr. Mas tarde eu te ligo. bjs. - ele estava visivelmente triste.
- Bjs.

Miley, pq vc fez isso, ta na cara q ele queria te encontrar pra te pedir em namoro!

- Não, se ele for fazer isso mesmo, pode esperar mais um pouco. Hj eu vou passar o dia com voce. Quantos dias for necessario, alias. Vamos pra aula?

- Vamos.

Nossa, que lindo da parte da Miley cuidar de mim. Bem, eu nao devia estar surpresa, ja q ela é minha amiga, mas pelos ultimos dias, achei que ia passar a tarde sozinha. 
Quando chegamos na sala, fomos falar com a Taylor.
- Amiga, posso passar a tarde na sua casa com a Demi?

- Claro que pode. Oi Demi!

- Oi Tay.

- Voce parece tristinha.

- É so um resfriado ..

- Melhoras entao querida. Vcs estao sabendo q o novo professor de musica é o Joe Jonas? Falando nisso, cade o Nick? Ele nunca chega atrasado...

- Anh, Tay, eu vou lá na enfermaria com a Demi pegar um remedio pra dor de cabeça, os resfriados dela são muito fortes. É melhor eu pegar logo antes q a aula comece. Ja volto ta?

- Ok amores.

Fomos pro banheiro. Verificamos se nao tinha ngm lá.

- Demi, me desculpa, eu nunca imaginei que a Tay fosse falar aquilo e ..
- Que nada, nao posso me abalar sempre que falaram do Nick. Preciso me acostumar.

- É vc ta certa. Mas se quiser, eu cancelo com a Tay e a gnt ve um filme em casa msm.

- Naao, a gnt vai pra casa da tay sim. Ela nao tem culpa, nao sabe de nada entre eu e o Nick.

- Vai contar?

- Não, isso so vai ficar entre eu e voce ta?

- Claro que nao.

- Como assim?
- O Joe sabe tmb KK

- Engraçadinha! Mas eai, promete?

- Sim Sim Sim. Agora vamos correr se nao a gnt se atrasa pra aula.

A primeira aula era de música, claro. Só pra ferrar com a minha vida. No final dela, quando eu ja estava indo pro corredor, o Joe me chamou. 

- Demi, preciso falar com voce.

Voltei pra sala,  e fui na direção da mesa dele. A Miley ficou me esperando lá fora.

- Desculpa ter que falar sobre isso, mas o Nick ja te contou?

- Ele vai fazer um filme, eu sei. E nao precisa se desculpar, eu nao to mais abalada. Já q ela vai demorar, eu tenho que superar ne.  

- Vc esta certissima. Mas eu preciso me desculpar sim. Desculpa por aquele dia q eu te agarrei. Sei que nao passei uma boa impressão. So quero te dizer que eu to aqui se precisar. Se quiser ver um filme ou outra coisa, eu moro do seu lado. KK

- Obrigada por tudo. E eu te desculpo.

- Que tal se fingirmos q nada aconteceu e começarmos tudo de novo?

- Eu topo.

- Vamos ser amigos?

- Amigos.

Apertei a mãe dele. Sem saber no que aquilo ia dar.



Onw, me abraca seu fofo. *-*

Comentem ae...

(+ 3 Comentarios?)