14 de jul de 2013

Antigas Fanfics (conteúdo heterossexual)



Nome da Fic: Love Story
Tema: Adolescentes, amizade, amor
Status: finalizada
Nº de Capítulos: 42
Nº de Temporadas: 1
Protagonistas: Jemi
Autora: Bia Lovato



Nome da Fic: Love Story
Tema: Adolescentes, amizade, amor
Status: finalizada
Nº de Capítulos: 42
Nº de Temporadas: 1
Protagonistas: Jemi
Autora: Bia Lovato



Nome da Fic: Love Story
Tema: Adolescentes, amizade, amor
Status: finalizada
Nº de Capítulos: 42
Nº de Temporadas: 1
Protagonistas: Jemi
Autora: Bia Lovato



Nome da Fic: Love Story
Tema: Adolescentes, amizade, amor
Status: finalizada
Nº de Capítulos: 42
Nº de Temporadas: 1
Protagonistas: Jemi
Autora: Bia Lovato



Nome da Fic: Love Story
Tema: sexo, amor
Status: finalizada
Nº de Capítulos: 6
Nº de Temporadas: 1
Protagonistas: Jemi
Autora: Bia Lovato



Nome da Fic: Love Story
Tema: Adolescentes, amizade, amor
Status: NÃO TERMINADA
Nº de Capítulos: 42
Nº de Temporadas: 1
Protagonistas: Jemi
Autora: Bia Lovato





Nome da Fic: Love Story
Tema: Adolescentes, amizade, amor
Status: finalizada
Nº de Capítulos: 42
Nº de Temporadas: 1
Protagonistas: Jemi
Autora: Bia Lovato

Quer repostar alguma dessas fics ou terminar algumas delas?
comente aqui falando q vai.

28 de abr de 2013

Desativação do Love Story.



Olá pessoas, meu nome é Lola, sou lovatic e agora tomo conta desse blog que antigamente era o Love Story da Bia Lovato, ela desativou e passou pra mim pois ja tem um grande numero de seguidores e isso foi muito bom. Aqui em baixo há um recadinho dela que tbm esta nesse link aqui (clique aqui).

"Amores, aqui é a Bia Lovato. Se ainda lembram de mim, eu vim aqui falar com vocês que eu estou desativando/abandonando o Love Story. As pessoas que gostariam de publicar minhas historias como: Love Story, Mine, The One That Got Away, Secret e All Night Long ou terminar as historias de Lets Be friends, Please Be Mine e Burnin' Up The Ocean.

É só comentar aqui em baixo ou mandar um e-mail pro bialovato_ls@hotmail.com que eu te passo toda a historia.

Obrigada por tudo e Beijos, vou sentir saudades."

Vocês tbm podem comentar aqui que ela ira ver ok gente. Então, espero que gostem das minhas fanfics, beijos e até logo.

3 de jan de 2013

(Maratona 5/5)15º Capitulo - Eu gostei, Joe | 2ª Temporada.


"Havia lágrimas em seus olhos[...] Mas você escorregou dos meus dedos, toda vez que você vai."

Quando olhei no seu rosto me espantei. Não podia estar acontecendo de novo.


_Por que você esta chorando?

_Por que eu te perdi.

_ Joe, não faz assim._ passei a mão em seu rosto.

_ Demi, eu não aguento mais.

_ Por que?

_ Ver você com o Nicholas, me mata aos poucos.

_ Eu estou namorando ele, Joe. Vai ter que se acostumar.

Joe ficou em silencio me encarando e percebi que ainda estava com a mão em seu rosto e ele pós sua mão em cima da minha.

_ Vou voltar pro meu apartamento. _ passei o polegar em seu rosto e tirei minha mão _ Hm... meu celular.

_ Fica aqui comigo. Por Favor, vamos conversar, assistir filmes ou algo do tipo. Não me deixe sozinho, eu tenho sentimentos.

_ E eu também, não sei se irei controla-los perto de você. _ disse sem pensar e vi o olhar travesso do Joe, levantando uma sobrancelha.

_ Então não controle. _ ele me puxou para perto dele, fiquei entre suas pernas._ Eu sei que eu mexo com você, Dem._ ele disse com aquela voz rouca no meu ouvido.

_ Joe..._ ele beijou meu pescoço me deixando arrepiada._ Joe, para.

_ Quer que eu pare?_ ele foi subindo os beijos, criando um caminho do meu pescoço até meu queixo, indo em direção a minha boca.

_ Não..._ disse e logo me toquei que ele beijou o canto da minha boca. _ Para._ como ele me prendeu entre suas pernas eu o abracei, escondendo meu rosto em seu pescoço. Ele ficou beijando o meu ombro.

_ Vamos assistir alguma coisa, vem. _ ele me soltou e desceu da bancada da cozinha, me deu a mão e me carregou para a sala. Ele pegou um dvd e me mostrou _ Gosta? Atividade paranormal?

_ Gosto, tenho medo mas gosto._ Ele colocou e se sentou no sofá e me puxou delicadamente para chegar mais perto dele. Encostei minha cabeça em seu ombro e ele passou os braços em volta de mim.

Depois de alguns minutos eu estava sentada no colo do Joe, tampando meus olhos com as mãos mas assistindo o filme por entre os espaços do meu dedo.

_ Demi, achei que você gostasse.

_ E gosto, mas morro de medo.

Pronto o filme estava agora no fim começou a passar os créditos.

_ Aff, agora eu vou ter medo de dormir a noite.

_ Dorme comigo?

_ Joe._ disse reprovando seus pensamentos pervertidos.

_ Não tem problema se não acontecer nada.

_ Para mim parece como uma traição.

_ Você sente algo por mim, Dem.

_ Eu namoro o Nick.

_ Namora, mas ama ele?

_ Claro.

_ Não me convenceu.

_ Então como eu provo?

_ Me beija e diz que não senti nada.

_ Então ta.

Cheguei mais perto ainda de seu rosto - já que eu estava em seu colo - rocei nossos lábios, e o beijei,ele pediu passagem para sua linguá e deixei. Começou um beijo calmo e incrível, Joe beijava muito bem. Coloquei minha mão na sua nuca passando os dedos por entre seu cabelo. O beijo perfeito, estávamos em sincronia, ele explorava minha boca e eu o mesmo, tentando decorar cada momento, cada segundo. Cada vez que sua linguá tocava na minha acontecia um choque. Joe começou a deitar no sofá, me levando junto. O beijo começou a ficar ardente e feroz. Separei um pouco o beijo e mordi seu lábio inferior fraquinho e dando uma puxadinha. Mordi seu queixo e olhei em seus olhos. Mas percebi uma coisa, eu sinto algo muito forte por ele. Joe era o sonho de qualquer garota, moreno, forte, lindo, sensual, romântico, sensível e aqueles olhos magníficos que me arrepiam.

_ Agora me diz, o que sentiu quando me beijou? Sinceridade, Demi.

_ Eu gostei, Joe. Não vou mentir, mas não pode acontecer de... _ Joe me beijou segurando na minha cintura, me apertando contra ele e separou com selinhos_ ...novo.

_Eu poderia nos imaginar de inúmeras formas. Desde o fundo de uma boate até uma cama em um lugar escuro._ ele disse passando as mãos pelas minhas costas.

_ Who's That Boy, você lembra?

_ Claro você escreveu para mim. _ ele sorriu_ Eu não sei quem você é, mas você parece uma estrela e todo mundo aqui está pensando, quem é aquele cara?

_Quero te levar para casa e te pegar totalmente sozinho. E todo mundo aqui está pensando, quem é aquele cara?

_Você é muito sexy cantando para mim.

_ E você é muito bobo. _ passei a mão em seu peitoral _ Venha, segure a minha mão e dance a noite toda. Me dê o sinal verde. Beije meus lábios. Quem é aquele cara olhando o meu quadril?

_ Sou eu. _ ele passou as mãos no meu rosto.

Lembrei do Nick e me afastei ainda estando no colo dele, me sentei e ele levantou seu tronco para ficar perto de mim de novo.

_ Demi...

_ Eu não posso.

_ Você gosta de mim, eu tenho certeza. Não é?



FIM DA MARATONA

(+5 comentário?)

(Maratona 4/5)14º Capitulo - Tarde Demais. | 2ª Temporada

"No dia em que conheci você, você me disse que nunca se apaixonava. Mas agora que eu entendo você, eu sei que medo é o que realmente era." 

 Não, eu não estava com dor de cabeça.
Tudo estava planejado e este era o momento certo.



Esperei uns minutinhos e fui até o apartamento de Joseph, peguei a chave reserva escondida no vaso de planta e abri a porta. A casa estava escura, só se via uma luz forte vindo da sala. Entrei e fechei a porta sem fazer barulho nenhum. Andei até a sala, como todos os outros cômodos ela também estava apagada, tinha apenas a luz da televisão. E a para minha surpresa, ele zapeava e parou em um canal e tinha minha foto e o homem se pronunciou. "Demetria Lovato e Nicholas Jonas apareceram juntos hoje no shopping central, foram flagrados aos beijos durante o passeio. Eis a questão, estão namorando ou não? Ainda não há nada confirmado, mas pelas fotos vocês podem perceber o ...". O homem não conseguiu se pronunciar, Joseph berrou e tacou uma almofada na televisão - ela balançou, balançou e não caiu.

_ AHHHH_ ele berrou de novo, se levantou do sofá e vi seu rosto, estava inchado ele parecia ter chorado. 

Ele se virou e me viu. Ele tinha a expressão de confuso no rosto.


_ Joe...
_ Por que? Por que não me disse antes?
_ Joe...
_ ME FALA O POR QUE, DEMI?
_ O QUE VOCÊ ACHA QUE EU ESTOU FAZENDO AQUI?

Ele ficou em silencio, a piada não funcionou.


_ Tá, eu vim aqui para falar isso, só que parece que você acabou de ver a noticia... _ ele me interrompeu.
_ Isso já esta passando desde hoje a tarde e já esta noite, isso esta em todos os canais. 
_ Eu sei.
_ Demi...
_ Joe, por que você implica com o Nick?
_ Você quer saber? Quer mesmo?
_ Quero.
_ Demi, ele é o caçulinha. Ele ganha tudo, é o preferido. _ disse com deboche_ Todas as meninas bonitas, todas as garotas que eu gostava preferiam ele. Poucas, as mais atiradas que ficavam comigo, pois achavam ele tímido.  _ ele riu sem graça, riso seco. _ É assim que as garotas nos veem, Nick o tímido, o fofo e o "caralho a quatro" e eu sou apenas o galinha, que tenta ficar com todas. Eu não sou assim, só que perto do "fofo" eu não sou nada, Demi.

A essa hora eu já estava com os olhos marejados, mas mesmo assim não iria chorar.

_ Então seja que nem ele. Não tímido, mas seja mais carinhoso. 
_ Não me dão chance de ser.
_ Aff, Joseph. 

Ficamos em silencio, por uns 5 minutos. Joseph se aproximou, perto até de mais.


_ Demi...
_ Añ?
_ Preciso te dizer uma coisa.
_ Fala.
_ Eu te amo, Demi. Desculpa não falar isso antes.
_ Acho que agora já é tarde demais, não?
_ Demi, por favor.
_ Joseph, me desculpa, mas eu estou com o Nick.

Peguei a mala do Nick e voltei para o apartamento.

_ Demi... Vamos conversar? _ disse Joe, batendo na porta.
_ Sai daqui, o Nick ta chegando._ disse com a voz embargada, estava chorando.
_ Ta chorando, Demi?
_ Sai daqui, não quero que o Nick te veja aqui.
_ Demi.
_ SAI._ gritei.
_ Boa Noite, Demi.

E ele saiu, fui para o quarto. Lavei meu rosto e me deitei, apenas fechei meus olhos. Ouvi a porta abrindo e senti o cheiro do Nick. Ele tirou o tênis e foi pro banheiro. Continuei apenas com os olhos fechados, assim que ele saiu do banheiro se deitou na cama e me deu um selinho. Dormimos - pelo menos o Nick dormiu - quando deu duas da manhã eu decidi beber um copo d'água. Meu celular estava na estante da sala, o peguei e tinha 5 ligações perdidas, do Joe. Coloquei o celular na bancada da cozinha e peguei um copo com água quando recebo uma mensagem...

Joe:
Você não pode me evitar para sempre, Demi. 
Desculpa ter falado aquilo só agora, foi um erro. 
Me perdoa? Por favor?

E logo em seguida, ele mandou outra.

Joe:
Desculpa te mandar mensagem as 2 da madrugada.
Ainda não consegui dormir.
Beijos, Dem.

_ Tudo bem. _ sussurrei como resposta.

Me deitei no sofa, deixei o copo d'agua na mesa de centro e cai no sono enquanto encarava a chuva caindo pela janela.

(...)

Acordei com a Miley me sacudindo.

_ Acorda Demi, bom dia._ olhei pra porta e o Nick estava saindo.
_ Onde ele foi?
_ Ue, na casa dele.

Assim que My disse isso eu pulei do sofá, derrubando a My. Corri para a casa deles e vi o Nick entrando na cozinha. Fui até lá, é claro procurando o Joseph, tentando evitar-lo. Cheguei na cozinha e vi o Nick pegando umas coisas para o café da manhã, com certeza não tinha nada em casa. Enquanto ele procurava uma caixa de leite, eu fui procurar o Joseph, voltei para a sala e ele estava encostado todo encolhido no canto da sala perto da sacada, eu estava com uma coberta grossa por cima dos ombros e Joseph estava com uma regata e uns shorts. Olhei para ele, ele ainda chorava, comecei a chorar junto dele. Nossos olhos se encontraram, ele estava acabado. Fui até ele e o cobri com a coberta que eu tinha. Ele sussurrou meu nome e olhei pra ele de novo. Ouvi um barulho na cozinha e voltei correndo para minha casa.

_ Avisa pro Nick que eu to no banho e vou demorar.

(...)

Se passaram alguns dias que eu não via o Joseph, era uma sexta-feira, não tinha aula. Estava no meu quarto e Nick estava na casa dele, ele já tinha me avisado que ia sair hoje as 4 horas da manhã. Já era sete - olhei no relógio do meu quarto. Procurei meu Iphone e não achei, lembrei ter deixado na casa do Nick ontem a tarde quando assistimos um filme. Voltei lá e Joseph estava sentado na bancada da cozinha tomando uma xícara de chocolate.

_ Bom dia, Dem.
_ Oi, Joe. Você viu meu celular? _ disse olhando pela casa.
_ Aqui.

Quando olhei no seu rosto me espantei. Não podia estar acontecendo de novo.


MARATONA

(Maratona 3/5)13º Capítulo - Não tem mais volta agora... | 2 ª Temporada.


"Quando os seus lábios estão nos meus, os nossos corações batem como um só."


Ele me beijou, de novo.

- Adoro seus beijos! _ disse._ Então nos estamos ficando?


- Não, não gosto de só ficar_ ele disse_ Namora comigo?


- Meu Deus...


- Que foi? Não quer aceitar?_ disse ele já com uma carinha triste.

- Claro que eu quero namorar com você Niiiiiiiiick!!_disse, pulando no colo dele. Nos abraçamos e nos beijamos de novo. _Amo te beijar.

 - Amo estar aqui com você.

- Owwwn, eu também, seu lindo. 

Fomos pra um restaurante de massas e comemos muito, já que pagamos um rodízio. Depois fomos direto pro carro. Enquanto ele estava dirigindo, puxei conversa:

- Nick, você sabe que a notícia do nosso namoro já deve ter se espalhado né? 

- Como assim? Tinham paparazzis no shopping? 

- Eles estão em todo lugar... Os óculos escuros não ajudaram em nada. Eu vi alguns tirando fotos de nós dois. 

- Droga! Devem ter nos seguido desde o apartamento. 

- Eu sei que isso é ruim, mas por que você está chateado? Queria manter em segredo por algum motivo especial? - perguntei.

- Eu estou chateado porque seria bem melhor se ficasse em segredo. Não vê a Sel e o Justin? Por mais que tenham boatos, não é nada oficial. Tudo bem que aí que os paparazzis ficam em cima, mas sei lá, é uma relação mais preservada.

- Eu sei disso. Estou te perguntando porque você sabe que quando chegar em casa vai ter que enfrentar o Joe, que já deve estar sabendo e com certeza também deve estar irritado... 

- Amor, vamos ter que enfrentar ele de qualquer jeito. Ele é meu irmão e mora junto comigo. E é seu vizinho e professor. 

- Nick, acho bom você estar olhando isso por um lado positivo. Mas não seria melhor você dormir na minha casa hoje? Ou por essa semana? Esperar isso esfriar um pouco pra depois ver no que vai dar? 

- Evitar ele só vai piorar as coisas, não acha? - disse ele, super calmo. E eu ali, super nervosa.

- Mas... - fui interrompida.

- Chegamos. Coloque seus óculos que está na hora de enfrentar os paparazzi. - disse ele, apreensivo. 

Saímos do carro. Já estávamos dentro da garagem do hotel, mas mesmo assim, os paparazzis estavam de plantão nas janelas dos prédios ao lado. Nick me agarrou pela cintura discretamente e me ajudou a entrar na recepção. 
Fomos direto pro elevador. Lembrei que ainda não tínhamos terminado a nossa conversa.

- Nick, por favor, fique na minha casa hoje. Por mim, vai!

- Tá bom, tá bom. Como vou resistir a esse biquinho irresistível? kk

Começamos a rir, eu abracei ele e lhe dei um selinho. Era tão bom ter o meu Nick de volta.

Chegamos no meu apartamento. Tinha um bilhete em cima da mesa, era da Sel. Ela e o Jus tinham saído, ido ao cinema. Desejei boa sorte mentalmente aos dois. O cinema era no shopping, e vários paparazzis deviam estar lá, já que eu e o Nick tinhamos acabado de presenteá-los com os nossos beijos. Pensando nisso, peguei meu notebook e fui ver se tinham mesmo tirado fotos de nós dois.

Fui no google e digitei " Demi e Nick". Mal tinha terminado de digitar e já apareceu a página de busca cheia de sites de fofocas com frases do tipo: "Demi e Nick são flagrados no shopping aos beijos" ; " Demi e Nick namorando? Casal foi visto no shopping jantando e aos beijos (...)"

Quando me deparei com isso, fiquei meio tonta e tive que fechar os olhos e respirar por um minuto. Parecia dejávu. O mesmo tinha acontecido com a Sel semanas atrás, e tudo agora está bem entre o Jus e ela, pensei. Mas ela não tinha se envolvido com o Joe antes. Ele deixou na cara que odeia o Nick, e que eu só piorei esse ódio. E agora, como as coisas iam ficar? 

Nisso, o Nick sentou do meu lado no sofá e leu as manchetes das notícias.

- Ihh, isso não está nada bom...

- Nick, promete pra mim que vai evitar o seu irmão o máximo que puder, ok? Deixa que eu resolvo isso.

- Não não. Se eu evitar, você tb vai!

- Tá bom Nick, nós dois evitamos ele, tá? 

- Combinado. - Nisso ele me beijou e foi tomar um banho. 

 Desliguei o notebook. Uma lágrima escorreu pelos meus olhos. Eu menti pro Nick. Não ia evitar o Joe. Se possível, ia hoje mesmo no apartamento dele ter uma conversa. E iria pegar uma mala com mais roupas dele, pra ele poder ficar mais tempo no meu apartamento. Se ele perguntasse qualquer coisa, diria que peguei a chave secreta embaixo do tapete e peguei escondido, e que o Joe nem viu. 

Tudo já estava planejado na minha mente. Só precisava do momento certo. 
Fui pro meu quarto e entrei no closet pra procurar uma roupa pra mim. Nisso o Nick saiu do banheiro. 

- A minha princesa está procurando o que? 

- Uma blusa e um short qualquer. 

- Quer que eu te ajude?

- Não, já achei. 

- Tá chateada? Não fica assim. Enquanto eu e você estivermos juntos nessa, não há nada a temer...

- Você tem razão. - abri um sorriso e beijei ele. - Agora vai trocar de roupa logo, antes que essa toalha caia kkk 

- Ih acho que caiu. - disse ele bobo. 

- Para! kk - eu disse, rindo. 

Ele saiu do closet e foi pro quarto se trocar. Entrei no banheiro e tomei um banho. Enquanto isso, lembrei do Nick dizendo: "Enquanto eu e você estivermos juntos nessa, não há nada a temer...". Infelizmente, eu estava prestes a dar um passo sozinha. Era dificil mentir pra ele. Umas lágrimas escorreram, mas logo as enxugei. Saí do box, coloquei a minha roupa e peguei o meu kit de maquiagem no armário e passei um quilo na minha cara inchada. O Nick não podia perceber nada...  

Quando saí do quarto, o Nick estava na sala, falando com alguém no celular. Quando ele desligou, veio falar comigo. 

- Demi, uns amigos meus estão lá embaixo, no play e me convidaram pra uma partidinha de videogame. Vamos? 

- Pode ir, eu fico aqui. Estou com dor de cabeça. Acho que vou dormir um pouco... 

- Tudo bem, minha linda. Fica calma tá? Dorme com os anjos. 

- Ok - nos beijamos e ele foi. 


 Não, eu não estava com dor de cabeça.
Tudo estava planejado e este era o momento certo.



MARATONA

(Maratona 2/5)12ª Capitulo - Namora comigo? | 2ª Temporada


"O mundo pode ser nosso se quisermos, podemos dominá-lo se você pegar a minha mão. Não há volta agora."


Estávamos cara-a-cara, o Nick colocou a mão na minha nuca e me puxou mais pra perto dele. Passei meus braços em volta do seu pescoço. E...nos beijamos, era perfeito, calmo, carinhoso e apaixonado. Nem fazia ideia que quantas vezes eu pensei nesse beijo. Admito, eu estou apaixonada pelo Nick. Aquele beijo foi esquentando, ficando mais agressivo. Fiquei de joelhos, me inclinando por cima do Nick que estava sentado na cama. Ele passou os beijos, para o meu pescoço. Meu lado racional já não respondia mais. Aquilo era muito bom. O Nick era perfeito. Não sabia se estava certo o que estávamos fazendo, mas não havia forças na qual me fariam parar... a não ser o celular do Nick.

- Droga!_ ele xingou o celular e o jogou na parede. _ Maldito celular, bela hora para tocar! _ disse irônico.

Eu só olhava para ele e ria. Estava sentada de novo na frente dele. Ele não parava de tagarelar, segurei o rosto dele e o beijei. Não sei porque fiz aquilo só achei necessário. 

- Nick._ chamei ele.

- Demi_ ele disse ainda com um sorriso bobo no rosto.

- Vamos jantar?

- Claro, adoro sair com você.

- Vai trocar de roupa?

- Até ia, mais estou com preguiça de ir em casa. E seu eu for lá eu vou brigar com o meu irmão.

- Vamos lá pegar uma roupa para você, se você quiser. Ai você toma banho aqui.

- Vamos.

Dei um pulo da cama e fui até o apartamento do Nick - puxando ele é claro - e pegamos uma mala dele, para evitar brigas com o Joe. Voltamos para o meu quarto e o Nick tomou banho no meu quarto e eu tomei no corredor, voltei pro quarto e o nick ainda estava no banho. Aproveitei e comecei a colocar a roupa lá mesmo, o normal - claro - roupas intimas, minha saia que era dois palmos acima do joelho, em xadrez rosa e preta. Eu ia colocar uma blusa preta, mais eu não achava a infeliz, entrei no closet procurando a blusa. Enquanto eu procurava minha blusa nos cabides eu ouvi um barulho e era a porta do banheiro, como o banheiro era dentro do closet não tinha onde eu me esconder. E logo ouvi o engraçadinho falando:

- Vamos sair assim?_ ele riu_ Pelo menos vamos combinar, dois malucos sem blusa.

- hahaha, como eu ri. Eu só to procurando minha blusa.

- Como ela é ?

- Preta.

- Você só tem roupa preta, Demi.

- Eu sei.

- É essa? _ ele me mostrou uma blusa.

- É sim. Onde tava?

- Na gaveta.

- Ah, eu esqueci das gavetas._ dei um tapa na minha testa._ Me da a blusa?

- Vem pegar. _ ele segurou a blusa no alto e eu fui tentar pegar, sem resultado nenhum.

- Seu mal._ fiz biquinho.

- Que biquinho mais lindo.

- Haha, agora me dá essa blusa.

- Não, eu prefiro você sem ela.

- Ta, vou perguntar ao Justin o que ele acha...

- Toma. _ ele me deu a blusa.

- Bom menino.

Coloquei a blusa, um salto preto. Passei uma lápis de olho, rímel e um brilho. E  o Nick colocou um jeans, uma blusa branca gola V, um allstar e ele pegou a jaqueta dele que estava comigo. Saímos  no carro do Nick. Assim que chegamos no shopping, enquanto andávamos ele perguntou:

- Posso saber porque você estava com a minha jaqueta?

- Porque eu gosto dela... é quentinha, combina com tudo, tem seu cheiro e me lembra a você.


Ficou um silencio.

- Nick, o que rolou no quarto. Como a gente fica?

- Ah, sobre isso. Me desculpa. Se o celular não tivesse atrapalhado eu nem sabia o que eu tinha feito. Me desculpa. 

- Cala a boca, Nick.

- Añ?

- Eu gostei. _ disse corando e olhando pro chão enquanto andávamos_ Eu gosto de você. Gostei de te beijar. E quero fazer isso de novo.

- Você quer?_ ele perguntou parando e segurando meu rosto.

- Aham.


Ele me beijou, de novo.

- Adoro seus beijos! _ disse._ Então nos estamos ficando?

- Não, não gosto de só ficar_ ele disse_ Namora comigo?

- Meu Deus...




MARATONA

(Maratona 1/5) 11ª Capitulo - Decida-se | 2ª Temporada


Joe on

Assim que ela saiu eu fui em direção ao meu quarto. Como isso sempre acontece comigo? Assim que eu passei pela sala vi algo brilhante no chão. Era o celular dela. O celular da Demi. Devo devolver agora? Hm' agora não.
Só uma coisinha antes...

Joe off

Joseph pegou o celular dela e foi para o quarto.


"Eu liguei para o seu celular, meu amor. Mas você não respondeu."



 Depois de todo aquele teatrinho do Joseph. Eu fui para minha casa. Por que ele falou tantas vezes que o Nick gostava de mim? Espera, o Nick gosta de mim? Ai meu Deus. Procurei que nem louca meu celular para ligar para ele, espero que não caia na caixa postal como sempre. Mas... CADE A DESGRAÇA DO CELULAR? Eu não achei ele. Mas eu precisava escutar a voz do Nick. 
A Miley chegou, nós conversamos, falei sobre o que tinha acontecido. E ela me falou do Justin. Eles estão namorando escondido dos paparazzis. Muito fofo né?
 Algumas horas depois eu fui dormir. Feliz por saber que o Nick gosta de mim. Ou pelo menos eu acho né.  Mas eu lembrei que ele não me ligou todo esse tempo.
Derramei uma unica e solitária lagrima, de felicidade? Não sei.

---------Dia Seguinte------

Acordei, ainda pensando no Nick. Tomei banho, me arrumei e acordei a Miley. Entrei escondido na casa dos Jonas. Sim, eu sei onde eles escondem a chave  - em baixo do tapete. Peguei a chave da moto do Nick e sua jaqueta. Precisava sentir como se ele estivesse perto de mim. Fui para a escola. Deixei a moto do Nick na minha vaga. Entrei para tomar cafe, ainda era 6:30 da manhã. Peguei um copo de chocolate quente. E fui guardar minha bolsa no meu armário. Assim que eu abri algo caiu. Quando fui abaixar para pegar, alguém o chutou e passou na minha frente. 

- Bom dia, Demetria. _ disse a Greene

- O que você ta fazendo?

- Indo falar com o Joe.

Ela riu e saiu rebolando. Novidade, cobra rebola agora. Novamente eu me abaixei para pegar. Era meu celular. Mas como? Ah, eu devo ter deixado aqui. Peguei ele, meu chocolate quente e fui para o patio da escola. Alguns minutos se passaram, até que alguém grita meu nome.

- DEMI. _ ela me abraçou.

- Oie, My.

- Essa jaqueta não é do Nick?

- Sim, como você sabe?

- Eu fui a ex dele, terminamos a uns 1 ou 2 anos atras.

- Serio?

- Sim, sabia de uma coisa, ele sempre foi louco por suas musicas.

- Que legal!

- Eai, Noticias dele amiga?

- Nenhuma ele não me liga. E quando eu ligo só cai na caixa postal.

- Atá. Chegou cedo, porque?

- Vim tomar café na escola. _ mostrei o copo de chocolate.

- Atá, eu vou pegar meu material. Beijinhos. 

Ela saiu, mais voltou correndo.

- Você sabe se o David chegou?

- Acho que sim.

- Iupeee. 

Ela saiu correndo, novamente. Comecei a rir, qualquer menina teria ficado com ciúmes. Mas a Selena ta louca pelo David. E eles formam um belo casal. 
O sinal tocou, graças a Deus não tenho aula do Joe hoje. Tá, não teve nada de importante  hoje, novamente a Ash me irritou e eu não pude retrucar. Ah, eu acho que vi troca de olhares entre a Sel e o David. O David é mais velho, ele só esta aqui para fazer o curso de atuação. Então só vemos ele nas aulas de atuação. Além disso não teve mais nada. Só Miley e o Jus se pegando. Depois disso eu fui para casa, assisti um pouco de TV. Fiz uns trabalhos e apaguei. Tava muito cansada então eu logo dormi.


Lá estava eu, com um belo vestido rosa, tomara que caia que ia até o pé. Era perfeito, eu estava dançando com aquele cara, o mesmo que eu sempre via em meus sonhos. Conseguia ver seus olhos, e agora seu sorriso. A inconveniente sombra tampava seu rosto. Eu o reconhecia, mas ele estava de terno com o cabelo penteado para o lado e fixo com gel. Nós dançávamos, estávamos sorrindo, era uma valsa. Parecia ser uma festa de gala. Havia vários outros casais dançando. Eu e ele estávamos em uma perfeita sincronia. Até que quando ele virou, eu vi um garoto de terno e cabelos cacheados penteados para o lado com  gel. Ele estava encostado na pilastra, ele me olhava e sorria. Eu retribuia o sorriso, sentia algo por ele. Enquanto eu dançava com o meu moreno acompanhante o menino cacheado deu um passo em minha direção e meu acompanhante percebeu, ambos trocaram olhares e o moreno de olhos castanhos me beijou, o beijo perfeito. Mas depois ele me olhou, assustado e apaixonado. Ele olhou para o outro menino, e saiu andando. Só deu tempo de eu sussurrar seu nome antes dele sumir em meio a multidão. Abaixei meu rosto e senti o homem de cabelos enrolados me abraçar pela cintura. Virei meu rosto e ficamos cara-a-cara, ele sorriu. Parecia magoado, mas sorriu. E começamos a dançar juntos e abraçados.


Acordei em um salto, isso não era possivél. Memorias de meus outros sonhos tomaram minha mente. O primeiro, eu no balanço e o misterioso moreno de olhos castanhos. O segundo, o mesmo moreno de olhos castanhos comigo dentro de uma sala e sou surpreendida com ele cravando rosas em meu peito. E o terceiro, o moreno me beija e vai embora enquanto aparece um belo homem de cabelos cacheados oferecendo seu abraço.

Agora esta tudo explicado, o moreno de olhos castanhos no qual eu conheci e depois me cravou rosas no coração, ou no caso que me magoou é o Joseph. E o homem de sorriso meigo e cabelos cachedos, era o meu Nick. Ai que confusão, mas faz sentido. Quando eu conheci o Joseph eu só reparei seus olhos, e depois ele me beijou e gritou comigo. Ele me magoou," cravou rosas no meu coração". Então, se isso tudo que eu sonhei aconteceu, esse sonho também irá acontecer?

Agora percebi que já era de manhã. Me arrumei, tomei café e fui para a escola - e eu estava  com a jaqueta do Nick. Cheguei lá, novamente hoje não tenho aula do Joe. Amém, precisava conversar com ele, mas não aqui na escola. Tive 3 tempos de matemática, 1 de biologia e 1 de geografia. Não encontrei o Joe. Passei a tarde toda com a My e o Jus. Como eles namoravam escondido não ficaram se engolindo como o Sel e o david. Eu juro que achei que o Dav ia devorar a boca da Sel. Mas esquece isso... voltei para casa falei para a My que eu tinha uns assuntos a tratar com o Joe e agora estou eu na frente do apartamento dele. Bati na porta e ele atendeu, antes que protesta-se eu entrei, e perguntei.

- O que eu fiz para você me odiar? O QUE EU FIZ PARA OS JONAS ME ODIAR?

- Você... ãn? Jonas? Como assim, você e o Nick brigaram? _ disse travesso, como se gostasse da ideia que o Nick e eu estivéssemos brigados.

- Estamos quase lá, ele não me liga. Mato ele. Deve estar se atracando com alguma atriz. Mas e você o que eu te fiz? Você esculachou minha musica que eu escrevi pensando em você. Antes de te conhecer, aquele sonho louco ai eu descobri que era você, mas ai você me magoou e... e... e gritou comigo. Ai o Nick foi embora, você não fala comigo, eu vou explodir. Minha amiga só fica com o Bieber, nada contra ele. Mas eu to Forever Alone... me ajuda. _ falei rápido.

- Espera, aquela musica era para mim? _ perguntou sorrindo.

- Indiretamente, mas era. Eu tive um sonho com um homem que tinha grandes olhos castanhos e logo depois eu te conheci e fiquei fascinada em seus olhos. Eu ja tinha escrito a musica, mas foi hoje que eu juntei as pontas e percebi que eu sonhei com você sem mesmo te conhecer.

- A musica é otima.

-Boiei.

- A musica é demais, Demi. Eu só estava estressado por... por... perder a Ash.

- Atá. Mas precisava me tratar daquele jeito?

- Não. Me desculpa.

- Claro. _ abracei ele e quando ia me afastar ele me puxou, me segurou pelos braços e me beijou. Logo separei, mesmo gostando eu separei. O que deu nele? _ O que deu em você garoto? Ta louco? Ta amando a Vacash  e me agarra? Decida-se. _ passei a mão na boca, como se tivesse tirando seu beijo de lá.

Assim que me virei pra porta vi o real motivo para o Joseph ter me beijado, lá estava o Nick. Abri um sorriso bobo no rosto e disse:

- É você mesmo ou eu to sonhando?

- Sou eu, Demi.

- AAAA. 

Sai correndo e pulei no colo dele. Parecia um bicho preguiça, pendurada no Nick. Comecei a dar vários beijinhos no rosto dele, até roubei um selinho. E abracei ele de novo. Até que eu lembrei, e desci correndo do seu colo.


- Por que você não me ligou, Nicholas?

- Você que não me atendeu.

- Culpado. _ disse o outro ser naquela sala.

- Como assim culpado, Joe? _ Perguntou Nick

- Bloqueei o celular da Demi para recusar suas ligações.

- Motivo? _ Perguntei.

- Nenhum. _ disse dando de ombros.

- Argh, seu viado. _ sai correndo para bater nele mas o Nick me segurou.

- Chata. _ e o Joe foi para o quarto dele.

Me virei pro Nick e novamente agarrei ele.

- E tão bom poder te abraçar. _ disse. _ Senti sua falta.

- Eu percebi. _ ele riu _ Até percebi que a danadinha me deu um selinho.

- Eu? Magina. _ ri _ Mas foi sem querer, me desculpa.

- Que nada, eu até que gostei. _ ele segurou meu queixo e me roubou um selinho beem demorado _ Estamos quites.

- Bobo. _corei_ Vamos lá para casa, se não eu mato o canalha do seu irmão.

- Tá, vou colocar as malas aqui dentro.

- Ta.

Ele colocou as malas no seu quarto e nos fomos para o apartamento, sai puxando o Nick pro meu quarto. Nem deu tempo dele dizer um "oi" descente para Miley que estava conversando com o Jus na sala. Entramos no meu quarto fechei a porta, pois já ate sabia o que poderia acontecer com os pombinhos la na sala, e eu não queria assistir - brincadeira, eu só não gosto da minha porta aberta. Me sentei na cama e chamei o Nick, ele sentou na minha frente.

- Nick, porque você voltou mais cedo?

- Desisti do papel principal do filme. Eu não gostava da personalidade nojenta da atriz na qual eu trabalharia. Não aguentaria trabalhar com ela e também, não queria ficar longe da minha princesinha. _ ele tocou o meu nariz.

- Espera, você desistiu do papel por causa da atriz nojenta ou por minha causa?

- Hm... por sua causa.

- Poxa, Nick. Isso ia ser ótimo para sua carreira, então eu tirei uma oportunidade de você.

- Eu continuei o filme, mas como um papel menor. Fui um garçom, fiz com que filmassem minha cena mais rapido para eu voltar e te ver.

- Onw, como alguem pode ser mais fofo?

- Eu? Fofo? Por Favor, né? Isso é um insulto para um cara.

- Não é não. _ cheguei mais perto dele_ Você é o cara mais fofo que eu já conheci e isso é perfeito._ dei um beijão na sua bochecha.

- Que beijo bom, Demi.

- Ah, então tu gosta né? _ dei vários beijinhos no seu rosto, enquanto ele morria de rir. Depois eu cai na gargalhada também, era incrível como ele me fazia feliz._ Posso fazer uma pergunta?

- Claro. _ ele segurou minha mão.

- E então, com quantas garotas você ficou? _ peguntei. Com uma ponta de ciumes.

- AH, Demi Lovato com ciumes de mim? Devo me sentir importante?

- Eu não to com ciumes... só queria saber se meu amigo ficou com alguém, eu sou curiosa e... - ele me interrompeu.

- Eu não fiquei com ninguém, Demi.

- Bem melhor.

- Bem melhor?

- Sim, eu não divido o meu Nick Jonas com ninguém. _fiz biquinho.

- seu Nick Jonas? _ ele se aproximou mais de mim.

- Sim, meu Nick. _ me aproximei.

Estávamos cara-a-cara, o Nick colocou a mão na minha nuca e me puxou mais pra perto dele. Passei meus braços em volta do seu pescoço. E...



MARATONA