3 de jan de 2013

(Maratona 1/5) 11ª Capitulo - Decida-se | 2ª Temporada


Joe on

Assim que ela saiu eu fui em direção ao meu quarto. Como isso sempre acontece comigo? Assim que eu passei pela sala vi algo brilhante no chão. Era o celular dela. O celular da Demi. Devo devolver agora? Hm' agora não.
Só uma coisinha antes...

Joe off

Joseph pegou o celular dela e foi para o quarto.


"Eu liguei para o seu celular, meu amor. Mas você não respondeu."



 Depois de todo aquele teatrinho do Joseph. Eu fui para minha casa. Por que ele falou tantas vezes que o Nick gostava de mim? Espera, o Nick gosta de mim? Ai meu Deus. Procurei que nem louca meu celular para ligar para ele, espero que não caia na caixa postal como sempre. Mas... CADE A DESGRAÇA DO CELULAR? Eu não achei ele. Mas eu precisava escutar a voz do Nick. 
A Miley chegou, nós conversamos, falei sobre o que tinha acontecido. E ela me falou do Justin. Eles estão namorando escondido dos paparazzis. Muito fofo né?
 Algumas horas depois eu fui dormir. Feliz por saber que o Nick gosta de mim. Ou pelo menos eu acho né.  Mas eu lembrei que ele não me ligou todo esse tempo.
Derramei uma unica e solitária lagrima, de felicidade? Não sei.

---------Dia Seguinte------

Acordei, ainda pensando no Nick. Tomei banho, me arrumei e acordei a Miley. Entrei escondido na casa dos Jonas. Sim, eu sei onde eles escondem a chave  - em baixo do tapete. Peguei a chave da moto do Nick e sua jaqueta. Precisava sentir como se ele estivesse perto de mim. Fui para a escola. Deixei a moto do Nick na minha vaga. Entrei para tomar cafe, ainda era 6:30 da manhã. Peguei um copo de chocolate quente. E fui guardar minha bolsa no meu armário. Assim que eu abri algo caiu. Quando fui abaixar para pegar, alguém o chutou e passou na minha frente. 

- Bom dia, Demetria. _ disse a Greene

- O que você ta fazendo?

- Indo falar com o Joe.

Ela riu e saiu rebolando. Novidade, cobra rebola agora. Novamente eu me abaixei para pegar. Era meu celular. Mas como? Ah, eu devo ter deixado aqui. Peguei ele, meu chocolate quente e fui para o patio da escola. Alguns minutos se passaram, até que alguém grita meu nome.

- DEMI. _ ela me abraçou.

- Oie, My.

- Essa jaqueta não é do Nick?

- Sim, como você sabe?

- Eu fui a ex dele, terminamos a uns 1 ou 2 anos atras.

- Serio?

- Sim, sabia de uma coisa, ele sempre foi louco por suas musicas.

- Que legal!

- Eai, Noticias dele amiga?

- Nenhuma ele não me liga. E quando eu ligo só cai na caixa postal.

- Atá. Chegou cedo, porque?

- Vim tomar café na escola. _ mostrei o copo de chocolate.

- Atá, eu vou pegar meu material. Beijinhos. 

Ela saiu, mais voltou correndo.

- Você sabe se o David chegou?

- Acho que sim.

- Iupeee. 

Ela saiu correndo, novamente. Comecei a rir, qualquer menina teria ficado com ciúmes. Mas a Selena ta louca pelo David. E eles formam um belo casal. 
O sinal tocou, graças a Deus não tenho aula do Joe hoje. Tá, não teve nada de importante  hoje, novamente a Ash me irritou e eu não pude retrucar. Ah, eu acho que vi troca de olhares entre a Sel e o David. O David é mais velho, ele só esta aqui para fazer o curso de atuação. Então só vemos ele nas aulas de atuação. Além disso não teve mais nada. Só Miley e o Jus se pegando. Depois disso eu fui para casa, assisti um pouco de TV. Fiz uns trabalhos e apaguei. Tava muito cansada então eu logo dormi.


Lá estava eu, com um belo vestido rosa, tomara que caia que ia até o pé. Era perfeito, eu estava dançando com aquele cara, o mesmo que eu sempre via em meus sonhos. Conseguia ver seus olhos, e agora seu sorriso. A inconveniente sombra tampava seu rosto. Eu o reconhecia, mas ele estava de terno com o cabelo penteado para o lado e fixo com gel. Nós dançávamos, estávamos sorrindo, era uma valsa. Parecia ser uma festa de gala. Havia vários outros casais dançando. Eu e ele estávamos em uma perfeita sincronia. Até que quando ele virou, eu vi um garoto de terno e cabelos cacheados penteados para o lado com  gel. Ele estava encostado na pilastra, ele me olhava e sorria. Eu retribuia o sorriso, sentia algo por ele. Enquanto eu dançava com o meu moreno acompanhante o menino cacheado deu um passo em minha direção e meu acompanhante percebeu, ambos trocaram olhares e o moreno de olhos castanhos me beijou, o beijo perfeito. Mas depois ele me olhou, assustado e apaixonado. Ele olhou para o outro menino, e saiu andando. Só deu tempo de eu sussurrar seu nome antes dele sumir em meio a multidão. Abaixei meu rosto e senti o homem de cabelos enrolados me abraçar pela cintura. Virei meu rosto e ficamos cara-a-cara, ele sorriu. Parecia magoado, mas sorriu. E começamos a dançar juntos e abraçados.


Acordei em um salto, isso não era possivél. Memorias de meus outros sonhos tomaram minha mente. O primeiro, eu no balanço e o misterioso moreno de olhos castanhos. O segundo, o mesmo moreno de olhos castanhos comigo dentro de uma sala e sou surpreendida com ele cravando rosas em meu peito. E o terceiro, o moreno me beija e vai embora enquanto aparece um belo homem de cabelos cacheados oferecendo seu abraço.

Agora esta tudo explicado, o moreno de olhos castanhos no qual eu conheci e depois me cravou rosas no coração, ou no caso que me magoou é o Joseph. E o homem de sorriso meigo e cabelos cachedos, era o meu Nick. Ai que confusão, mas faz sentido. Quando eu conheci o Joseph eu só reparei seus olhos, e depois ele me beijou e gritou comigo. Ele me magoou," cravou rosas no meu coração". Então, se isso tudo que eu sonhei aconteceu, esse sonho também irá acontecer?

Agora percebi que já era de manhã. Me arrumei, tomei café e fui para a escola - e eu estava  com a jaqueta do Nick. Cheguei lá, novamente hoje não tenho aula do Joe. Amém, precisava conversar com ele, mas não aqui na escola. Tive 3 tempos de matemática, 1 de biologia e 1 de geografia. Não encontrei o Joe. Passei a tarde toda com a My e o Jus. Como eles namoravam escondido não ficaram se engolindo como o Sel e o david. Eu juro que achei que o Dav ia devorar a boca da Sel. Mas esquece isso... voltei para casa falei para a My que eu tinha uns assuntos a tratar com o Joe e agora estou eu na frente do apartamento dele. Bati na porta e ele atendeu, antes que protesta-se eu entrei, e perguntei.

- O que eu fiz para você me odiar? O QUE EU FIZ PARA OS JONAS ME ODIAR?

- Você... ãn? Jonas? Como assim, você e o Nick brigaram? _ disse travesso, como se gostasse da ideia que o Nick e eu estivéssemos brigados.

- Estamos quase lá, ele não me liga. Mato ele. Deve estar se atracando com alguma atriz. Mas e você o que eu te fiz? Você esculachou minha musica que eu escrevi pensando em você. Antes de te conhecer, aquele sonho louco ai eu descobri que era você, mas ai você me magoou e... e... e gritou comigo. Ai o Nick foi embora, você não fala comigo, eu vou explodir. Minha amiga só fica com o Bieber, nada contra ele. Mas eu to Forever Alone... me ajuda. _ falei rápido.

- Espera, aquela musica era para mim? _ perguntou sorrindo.

- Indiretamente, mas era. Eu tive um sonho com um homem que tinha grandes olhos castanhos e logo depois eu te conheci e fiquei fascinada em seus olhos. Eu ja tinha escrito a musica, mas foi hoje que eu juntei as pontas e percebi que eu sonhei com você sem mesmo te conhecer.

- A musica é otima.

-Boiei.

- A musica é demais, Demi. Eu só estava estressado por... por... perder a Ash.

- Atá. Mas precisava me tratar daquele jeito?

- Não. Me desculpa.

- Claro. _ abracei ele e quando ia me afastar ele me puxou, me segurou pelos braços e me beijou. Logo separei, mesmo gostando eu separei. O que deu nele? _ O que deu em você garoto? Ta louco? Ta amando a Vacash  e me agarra? Decida-se. _ passei a mão na boca, como se tivesse tirando seu beijo de lá.

Assim que me virei pra porta vi o real motivo para o Joseph ter me beijado, lá estava o Nick. Abri um sorriso bobo no rosto e disse:

- É você mesmo ou eu to sonhando?

- Sou eu, Demi.

- AAAA. 

Sai correndo e pulei no colo dele. Parecia um bicho preguiça, pendurada no Nick. Comecei a dar vários beijinhos no rosto dele, até roubei um selinho. E abracei ele de novo. Até que eu lembrei, e desci correndo do seu colo.


- Por que você não me ligou, Nicholas?

- Você que não me atendeu.

- Culpado. _ disse o outro ser naquela sala.

- Como assim culpado, Joe? _ Perguntou Nick

- Bloqueei o celular da Demi para recusar suas ligações.

- Motivo? _ Perguntei.

- Nenhum. _ disse dando de ombros.

- Argh, seu viado. _ sai correndo para bater nele mas o Nick me segurou.

- Chata. _ e o Joe foi para o quarto dele.

Me virei pro Nick e novamente agarrei ele.

- E tão bom poder te abraçar. _ disse. _ Senti sua falta.

- Eu percebi. _ ele riu _ Até percebi que a danadinha me deu um selinho.

- Eu? Magina. _ ri _ Mas foi sem querer, me desculpa.

- Que nada, eu até que gostei. _ ele segurou meu queixo e me roubou um selinho beem demorado _ Estamos quites.

- Bobo. _corei_ Vamos lá para casa, se não eu mato o canalha do seu irmão.

- Tá, vou colocar as malas aqui dentro.

- Ta.

Ele colocou as malas no seu quarto e nos fomos para o apartamento, sai puxando o Nick pro meu quarto. Nem deu tempo dele dizer um "oi" descente para Miley que estava conversando com o Jus na sala. Entramos no meu quarto fechei a porta, pois já ate sabia o que poderia acontecer com os pombinhos la na sala, e eu não queria assistir - brincadeira, eu só não gosto da minha porta aberta. Me sentei na cama e chamei o Nick, ele sentou na minha frente.

- Nick, porque você voltou mais cedo?

- Desisti do papel principal do filme. Eu não gostava da personalidade nojenta da atriz na qual eu trabalharia. Não aguentaria trabalhar com ela e também, não queria ficar longe da minha princesinha. _ ele tocou o meu nariz.

- Espera, você desistiu do papel por causa da atriz nojenta ou por minha causa?

- Hm... por sua causa.

- Poxa, Nick. Isso ia ser ótimo para sua carreira, então eu tirei uma oportunidade de você.

- Eu continuei o filme, mas como um papel menor. Fui um garçom, fiz com que filmassem minha cena mais rapido para eu voltar e te ver.

- Onw, como alguem pode ser mais fofo?

- Eu? Fofo? Por Favor, né? Isso é um insulto para um cara.

- Não é não. _ cheguei mais perto dele_ Você é o cara mais fofo que eu já conheci e isso é perfeito._ dei um beijão na sua bochecha.

- Que beijo bom, Demi.

- Ah, então tu gosta né? _ dei vários beijinhos no seu rosto, enquanto ele morria de rir. Depois eu cai na gargalhada também, era incrível como ele me fazia feliz._ Posso fazer uma pergunta?

- Claro. _ ele segurou minha mão.

- E então, com quantas garotas você ficou? _ peguntei. Com uma ponta de ciumes.

- AH, Demi Lovato com ciumes de mim? Devo me sentir importante?

- Eu não to com ciumes... só queria saber se meu amigo ficou com alguém, eu sou curiosa e... - ele me interrompeu.

- Eu não fiquei com ninguém, Demi.

- Bem melhor.

- Bem melhor?

- Sim, eu não divido o meu Nick Jonas com ninguém. _fiz biquinho.

- seu Nick Jonas? _ ele se aproximou mais de mim.

- Sim, meu Nick. _ me aproximei.

Estávamos cara-a-cara, o Nick colocou a mão na minha nuca e me puxou mais pra perto dele. Passei meus braços em volta do seu pescoço. E...



MARATONA

0 pessoas são lindas.:

Postar um comentário